Vacina contra a varíola – Wikipédia, a enciclopédia livre

Vacina antivariólica

A vacina antivariólica foi a primeira vacina desenvolvida com sucesso, tendo sido introduzida por Edward Jenner em 1796. O desenvolvimento da técnica resultou da observação feita por Jenner que as mulheres que vendiam leite de vaca não eram atacadas pela varíola desde que tivessem sido anteriormente infectadas pela varíola bovina, o que mostrava que a a inoculação com varíola bovina, bem mais benigna, protegia contra a varíola. A palavra "vacina" é derivada de Variolae vaccinae, a varíola dos bovinos, o termo cunhado por Jenner para designar a varíola bovina e usado no título da sua obra An enquiry into the causes and effects of Variolae vaccinae, known by the name of cow pox.[1] A vacina era inoculada com recurso a uma agulha bifurcada.[2]

Referências

  1. Baxby, Derrick (1999). «Edward Jenner's Inquiry; a bicentenary analysis». Vaccine. 17 (4): 301–7. PMID 9987167. doi:10.1016/S0264-410X(98)00207-2 
  2. Rubin, Benjamin (1980). «A note on the development of the bifurcated needle for smallpox vaccination». WHO Chronicle. 34 (5): 180–1. PMID 7376638 
Ícone de esboço Este artigo sobre Imunologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.